Revisões obrigatórias – Como se preparar?

Quando se lê revisão obrigatória, é muito comum as pessoas ficarem de cabelo em pé. O pensamento de mais gastos logo vem à mente. Elas podem significar que você esperou até o último minuto para fazer aquela revisão essencial no seu caminhão. Ou, apenas uma etapa comum que já está no seu cronograma de ações.

A revisão é fundamental se quiser que o caminhão continue andando sem oferecer risco a sua segurança e sem prejudicar o seu trabalho.

Como o nome já diz, não é aconselhado se esquivar destas revisões. Se são obrigatórias é por um motivo.

Queremos falar sobre a importância delas, seus benefícios, como se programar para realizá-las, como entender o que é realmente importante ser revisado e a frequência, onde pode efetuar e os benefícios de fazê-las na concessionária autorizada, dentre outros pontos.

Vale enfatizar que os reparos preventivos são, em média, três vezes mais baratos do que o custo para arrumar o estrago feito pela falta deles. Entenda o quanto a revisão pode ser benéfica a você e seu caminhão.

Importância da revisão

Ao pesquisarmos sobre acidentes que ocorreram por falhas mecânicas neste ano, no Google, usamos a seguinte frase “acidentes de caminhão por falhas mecânicas 2018”, dos nove resultados da primeira página, oito são notícias de acidentes por esse motivo pelo país.

A importância da revisão começa por aí. Menos risco de acidentes e claro, não estamos falando apenas da sua vida, mas das outras pessoas que também trafegam pelas rodovias.

A revisão também evita, atrelado a isso, menos desgaste dos componentes, que consequentemente, evitam quebras mecânicas.

Não poderíamos esquecer de mencionar o quanto a falta de revisão pode prejudicar você e o seu negócio, já que estará suscetível a multas e apreensões. Caso ocorram problemas mecânicos ou coloque em risco a vida das outras pessoas.

Benefícios da revisão

Na questão mais positiva, quanto menos tempo deixar seu caminhão no conserto, mais disponível para realizar entregas e serviços você estará, ou seja, mais lucro. Além disso, as peças e equipamentos sendo revisados e trocados dentro dos prazos ideais, tem-se maior economia de combustível. Mas, como assim?

Um exemplo de economia no combustível é fazer a revisão das válvulas do motor e verificar se elas estão reguladas e se as velas estão trabalhando corretamente. Se elas estiverem fora do tempo, a injeção eletrônica precisa aumentar a alimentação do motor com o objetivo de compensar o desperdício. Então, tem-se mais gasto de combustível.

Outra questão importante é que aumenta a vida útil do caminhão. Peças e equipamentos que trabalham em seus limites extremos exigem mais da estrutura do caminhão como um todo, prejudicando, até mesmo, as peças que se encontram funcionando corretamente. Tudo está conectado.

Como se programar em relação ao custo?

Que as revisões existem e que não há como fugir delas se você possui um veículo novo, isso é verdade. Mas, a preocupação pode ser menor se planejada adequadamente.

A partir do momento que a revisão obrigatória fazer parte da sua vida, de maneira controlada e sem exceder os custos do seu orçamento, você vai perceber e entender que ela só oferece vantagens.

Dicas

Separamos dicas que podem auxiliar na inclusão dos custos da revisão no seu orçamento sem que ela se torne algo indesejado:

– Calcule os custos por quilometragem; some tudo que tem de gastos com uma viagem e divida pelo número de quilômetros rodados nesta viagem. Ou, some todos os gastos realizados em um ano e divida pela quilometragem obtida neste mesmo período. Assim, tem um preço justo do seu serviço e consegue ter visão do quanto precisa lucrar para pagar suas despesas;

– Tenha uma planilha de gastos; seria no mesmo sentido acima, mas no sentido de ter um controle visual dos valores fixos (luz, água, internet) e variáveis (remédios, alimento, roupas);

– Tenha um fundo de reserva; sabemos que economizar é tarefa extremamente complicada, mas conseguir guardar um pouco de dinheiro focado na emergência é fundamental. Com a revisão preventiva, a necessidade de usar o dinheiro de emergência a esse fim é quase nulo, mas ele pode ser bem-vindo em casa ou se a viagem precisar ser realizada por outra rodovia devido a obras, por exemplo;

– Separe um valor para manutenção e impostos; é natural separarmos automaticamente o valor destinado aos tributos, mas tente aplicar essa naturalidade ao separar um valor a manutenção do seu caminhão.

Qual o valor (mensal, semestral ou anual) necessário?

Cada caminhão possui suas características, algumas específicas, e cada modelo pode demandar revisões em períodos diferentes. Não apenas isso, a intensidade do uso, onde normalmente o caminhão trafega e o tipo de carga usualmente carregada faz com que as datas sejam alternadas.

Por isso, o ideal é procurar uma concessionária. Ela vai saber indicar a periodicidade ideal para as revisões do seu caminhão, bem como, todas as partes que devem ser revisadas com frequência e as que necessitam de revisão com maior espaço de tempo.

Como saber se a frequência e itens revisados são realmente necessários?

Nossa dica é que, após ter conversado com a concessionária, se restarem dúvidas ou achar um tanto exagerada a frequência e itens a serem revisados, pesquise no Google, assim vai encontrar muitos conteúdos que falam dos tempos certos da revisão e troca das peças e equipamentos.

Mas, um porém, ela dificilmente vai cometer erros quanto a isso, primeiro porque é autorizada de uma marca, ou seja, tem um nome a zelar, e segundo que ela pode perder o cliente se ele perceber trocas e gastos desnecessários.

Onde realizar a revisão?

Quando chega a hora da revisão surge aquela dúvida: fazer na concessionária autorizada ou ir em uma oficina comum? Vamos apresentar as vantagens quando você faz a revisão em uma concessionária, e claro, você já poderá entender que as vantagens dela, não necessariamente, serão encontradas em uma oficina normal.

– Se possui garantia de fábrica e quer fazer uso dela, isso só é possível se você realizá-la em uma concessionária autorizada. Se desejar ir em uma oficina não autorizada, a garantia não terá validade alguma;

– Na concessionária autorizada as peças são originais e com garantia. Claro, as oficinas também podem oferecer peças originais, mas sempre vão surgir dúvidas. Na concessionária não existe a possibilidade de as peças não serem originais, porque existem critérios exigentes quando ela se torna autorizada de uma marca;

– Profissionais especializados podem existir em ambas, mas a probabilidade de a concessionária não deixar a desejar neste quesito é maior;

– Equipamentos, às vezes, até de última geração, são tidos com intuito de oferecer a melhor manutenção. Estes que podem ter um custo relativamente alto as oficinais normais, só que mais acessíveis para concessionárias autorizadas;

– Revisões feitas na concessionária transferem valor agregado ao seu caminhão quando o objetivo for vendê-lo. Apresentar as notas das revisões feitas em concessionária, geram poucas dúvidas quanto ao desgaste e vida útil do caminhão. O comprador sabe exatamente o que e onde foi feito;

– E principalmente, honestidade. A concessionária só tem a perder quando age de má fé com o cliente, e isso é pouco provável de ocorrer. É o nome dela que pode ser prejudicado, às vezes, até, de maneira irreversível, se não for idônea com o cliente.

O que fazer, afinal?

Que a revisão obrigatória é essencial, você já deve ter percebido. Não apenas isso, mas também o quanto ela pode ser importante, principalmente se analisada do ponto que ela evita gastos maiores quando ocorre um problema por falta dela.

Nossa sugestão é que você procure uma concessionária autorizada e se informe sobre como funciona a manutenção preventiva. Questione sobre os planos, formas de pagamento, o que é essencial em cada revisão e de quanto em quanto tempo ela precisa ser feita.

Além de todos os benefícios apresentados, por fazer a revisão na concessionária, é provável que você ganhe descontos e participe de promoções. Ou seja, terá um serviço de qualidade, repleto de vantagens e poderá viajar mais tranquilo e em segurança tendo sua revisão obrigatória em dia, feita por uma empresa autorizada.